Seguidores

domingo, 19 de janeiro de 2014

Suco de Jambo ou Eugenia

Olá meninas!



Ando meio sumida, por conta do movimento de inicio de ano aqui em casa. Fico meio travada com muitas coisa pra botar em ordem. Projetos novos para o ano todo, e isso tanto na vida profissional, como nos trabalhos voluntários, e pra abrilhantar minha vida, estou curtindo a chegada da primeira neta. 
Bom, mas enquanto não apresento algum novo trabalho, trouxe pra vocês conhecerem  um fruto muito apreciado por minha família, mas pouco conhecido no geral. Muitas pessoas  se espantam quando veem alguém comendo este saboroso fruto.
                                            
Trata-se do Jambo Vermelho, conhecido por outros nomes como Figo da índia. maçã do Brasil ou Jambróia. Pertencente a família botanica Myrtaceaecom o nome científico Syzygium malaccense .
                                                 
Os jambos são delícias vindas para o Brasil da longinqua Índia e de algumas ilhas da Malásia.
 E os jambeiros são sempre belíssimas árvores, de copa densa e bem-formada. Esta minha cuja nunca deixei que fosse podada a copa, tem formato de cone, enorme e cuja sobra refresca sobremaneira minha área, neste clima tórrido de Ribeirão Preto.
Embora não sejam originárias da América, os jambos aclimataram-se tão bem às condições do trópico americano que parecem nativos da terra.
Segundo informações, nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil é raro um pomar sem pelo menos um jambeiro, qualquer que seja. 
                                         
E ninguém se pergunta se ela é do lugar ou se veio de longe: parece que sempre esteve ali. A minha veio em sementes de uma das missões em que minha irmã  missionária Musa do Instituto Índios do Brasil, me trouxe quando militava no Amazonas. Apenas três sementes germinaram e somente uma evoluiu para uma belíssima árvore que encanta em todas as estações do ano,mesmo quando troca a folhagem está sempre muito verde.
Vamos a mais um pouco da sua ficha técnica:
                                                     
"Embora exista uma grande quantidade de frutas trazendo o mesmo nome – e, nesse caso, o nome é jambo – muitas vezes não se trata sequer de variedades da mesma fruta. Seu parentesco é talvez o mesmo que existe entre a jabuticaba, a goiaba e a pitanga, também da grande família das Mirtáceas como todos os demais jambos.

O mais conhecido dentre eles, o jambo-vermelho nasce em árvores grandes, de folhas também grandes, cuja copa tem uma forma piramidal ou cônica, muito bem definida.

As muitas flores, lindas e coloridas de púrpura e rosa choque, quando caem, formam sob os jambeiros um “tapete purpúreo de belo efeito”, de acordo com a descrição de Pio Corrêa. Algumas praças de povoados no litoral do sul da Bahia oferecem tal espetáculo que, de tão belo, sempre merece o registro de turistas que passam por ali. Aliás, nessas localidades o jambo é mais conhecido pelo nome de eugênia.
De grande valor ornamental, o jambeiro-vermelho oferece, ao mesmo tempo, beleza, boa sombra, além de frutos doces e perfumados aos felizardos que dela souberem aproveitar.
                                                            
Os frutos, vermelhos por fora e alvos por dentro, têm um sabor doce, de fundo um pouco ácido, que lembra o das peras, sendo acrescido por um perfume forte da flor. Dizem que cheira a água de rosas. A casca é fina e a polpa, pouco suculenta e consistente, obriga a umas boas dentadas para quem quiser prová-las.





Com o fruto do jambeiro-vermelho faz-se um especial e delicioso doce em compota: os jambos descascados são partidos ao meio, os frutos são apenas aferventados e, depois, colocados para cozinhar em calda fina de açúcar fervente. O resultado, além de bom, é um doce de fruta lindo, cor de rosa, da cor do doce de pêssego."

  Bom  hoje fiz um delicioso suco e fotografei pra mostrar a vocês:


                                                











Eu tomo sem adicionar açúcar, mas se quiser mais doce melhor  por açúcar.
Muito bom e para mim substitui uma refeição leve das 10 horas.

Espero que  experimentem e gostem.
Uma amiga me disse ter encontrado na feira do Rio de Janeiro em bandejinhas.
Uma semana maravilhosa a todas vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Sua visita me fez feliz;
Seu comentário muito mais!